IURD – 06/09/2021 – Segunda

Início da queda das muralhas de Jericó

2 Timóteo 2:20

Existe aquele que vive na verdade e os que vivem na mentira.

Como os que vivem na verdade se portam? Vivem em obediência.

Como os que vivem na mentira se portam? Vivem em desordem.

Temos que honrar a Deus. Deus honra aos que o honram.

Palestra

Filipenses 3:13-14

Paulo se dirigiu a todos os Filipenses que eram de acordo com a fé dele. Era para todos que seguiam a Deus.

Para quem quer seguir em frente, não pode olhar para trás.

Onde Deus quer que eu chegue?

Para onde Ele quer me levar financeiramente?

01 -> Passo: Prometer menos.

Quando prometemos muito além do que podemos entregar ou fazer, corremos o risco de não conseguir superar as expectativas do clientes e perdemos nome e faturamento.

Nós como consumidores, quando queremos algo, a nossa preocupação está em vários fatores: tempo de espera, atendimento, qualidade do produto, localização…entre outros. Mas creio que uma coisa que também esperamos é que a empresa ou profissional cumpra com o prometido.

Não podemos abraçar o mundo. Cumprir tudo aquilo que prometemos.

Melhor prender sendo sincero do que sendo enrolado.

2 -> Passo: Pense Mais

Agir com a razão e não com a emoção.

Pensar antes de agir.

Existem pessoas que desejam se tornar milionários, mas para isso ter que pensar em muitos fatores.

O que eu fiz hoje para isso?

O que eu posso fazer isso?

Fazer as coisas com os pés no chão.

Não podemos fazer nada com ansiedade.

Exemplo de quem quer emagrecer quando a cabeça não pensa, o corpo padece. Pensa de menos e sofre de mais.

3 -> Passo: Olha pra frente

Não fica se lamentando por aquilo que não deu certo. Não olhe o passado, não olhe para o passado a todo instante, mas temos que olhar pra frente.

Se cair, levanta e segue.

Não podemos nos entregar na primeira queda.

O mínimo é uma praga, o menor, o pequeno, essa praga tem de sair.

O mínimo que temos que ter é que não nos falte nada.

O mínimo não vem de Deus. Ele quer que você tenha o máximo.

Salmos 13

Até quando?

O até quando permanece até a nossa revolta. Quem está revoltado, questiona.

Temos duas opções:

Aceitar ou revoltar.

publicado
Categorizado como IURD

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *