IURD – Quinta-feira – 10/09/2020

Pastor Martins

Gênesis 37

Jacó amava mais José do que os outros filhos, porque ele era filho de sua velhice. Mas isso era motivo de inveja por parte dos irmãos dele.

Com 17 anos, José carregava duas essências:

01) Agradar a Deus;
02) Agradar a seus pais.

Isso acontece conosco. Quando estamos agradando a Jesus, também seremos odiados por muita gente até mesmo entre nossos familiares.

Uma pessoa que é odiada tem uma vida difícil. Quando isso acontece, temos que procurar manter a espiritualidade para que não caiamos.

Para piorar ainda mais a situação, José um sonho, que ao contar, foi mais odiado ainda pelos seus irmãos.

Vamos pensar:

José fazia o melhor para Deus e seus pais e irmãos.

Considerações:

a) Jacó não se via se curvando a seu filho.

b) Para José chegar até a sua visão, ou seu sonho, ele passou por muitas lutas.

“O problema não é onde nós estamos. O problema é termos dúvidas”.

Armas da Fé

Oração
Jejum
Meditação na palavra.

O segredo é a comunhão.

Sabe porque José conseguiu chegar até onde ele chegou? Porque ele usou as armas da Fé!

José não reclamava, não murmurava.

Ele passou pelo deserto. É no deserto que todos nós temos que buscar a Deus. José só conseguiu chegar onde ele por ter conseguido manter sua comunhão com o Soberano.

Deus permitiu José passar por tudo isso para salvar a sua família.

Qual a diferença entre um problema permitido por Deus para um causado pelo diabo?

Reflexão: Do jeito que eu trato Deus, eu trato meus familiares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *