IURD – Quinta-feira – 02/07/2020

Pastor Martins

João 3:16

O amor não é cego como o mundo diz. O amor de Deus não é cego. Ele não faz vista grossa com os nossos erros. Ele vê todos os nossos pecados. Mas o AMOR dEle é tão verdadeiro , tão puro, que joga nossos erros para trás e nos olha com um olhar de amor, de bondade. Deus não despreza ninguém pelos seus erros.

Agora o amor do mundo esse sim, é cego, pois a pessoa vê somente o exterior. Ex.: Se uma pessoa não dá muita atenção a outra, a outra parte acaba também não dando muita atenção. É um amor condicional. É o famoso: A partir de hoje não me peça mais nada.

O amor do mundo segue a seguinte regra: Você faz e eu faço. É um tipo de amor que espera recompensas.

O amor de Deus é o contrário disso, é incondicional.

Como encontramos o amor de Deus? Por intermédio do Espírito Santo.

O amor de Deus é paciente, benigno, amoroso, empático, longânimo. Mesmo a pessoa não merecendo, a pessoa faz o melhor pelo outro.

O Amor de Deus quer ver todos bem. Não guarda mágoas, ressentimentos, raiva, entre outros.

A pessoa que tem o amor de Deus, ora pelos seus entes queridos para que Deus possa abençoar a vida de todos, além disso, faz votos, jejum e propósitos por todos da família.

Como a consciência da pessoa está em paz e tranquila, ela entrega tudo nas mãos de Deus.

Se você quer mais de Deus, dê mais de você para Ele.

Não há limites no poder de Deus, mas as pessoas por amor as trevas, a luz não ode mudá-los.

Cansaço não pode ser barreira para buscar mais do Soberano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *