IURD – Sábado – 18/07/2020

Pastor Martins

Meu espírito para baixo, tenho que mudar isso, pois o meu espírito desse jeito, eu atrapalho Deus agir na minha vida.

Se o diabo falar que eu não vou conseguir, é aí que eu tenho que ir, pois é sinal que irei conseguir. Ele mente.

IURD – Sábado – 23/07/2020

Pastor Martins

Romanos 7:15

As duas maiores guerras que o ser humano enfrenta:

A primeira guerra: Contra nós mesmos

Mas porque? Porque a pessoa vem na igreja e a vida dela não muda?

Porque ele sempre faz a vontade da carne. Com isso ela será uma pessoa de altos e baixos.

Uma vez que a carne está por cima, nós temos reações não agradam a Deus. Nós somos falhos, mas quando o Espírito Santo está em alta, conseguimos vencer.

Então a primeira maior luta e contra nós mesmos.

Quando o diabo vê que a pessoa tem uma alvo, ele se levanta para dificultar. Mas se a pessoa for firme, ele irá conseguir avançar.

=> Em Jesus, temos que sepultar as nossas vontades.

Tenho que vencer a minha vontade para vencer o diabo.

A segunda guerra: A luta contra o mal.

Efésios 6:12

A nossa luta não é contra a carne e o sangue, mas contra os principados e potestades.

Mas para que isso aconteça eu tenho que ter autoridade.

Quem é autoridade? O Espírito Santo.

Jesus venceu a si mesmo, mas por conta do espirito senão, ele daria voz as vontades da carne.

Não podemos ceder as vontades da carne.

IURD – Sábado – 25/07/2020

Pastor Martins

Daniel 10:2

Quem era Daniel?

Um homem de valor! Um homem amado por Deus.

Os homens do passado tinham tanta confiança em Deus, que Ele aparecia e falava com eles. Mesmo Daniel sendo esse homem não deixou de ter problemas.

Tem situações que vem em nossas vidas, para nos deixar tristes, para que o nosso espirito se enfraqueça para que a carne impere sobre nos. Daniel não viu isso e ao invés de se deixar abater, se entregar, ele tomou atitudes e fez um jejum.

Deus falou com Daniel, NÃO TEMAS!!!

Daniel não apenas jejuou, mas ele também se humilhou.

Daniel era um homem de valor.

Daniel 11 -> Rei do Norte e do Sul

Daniel 12 -> Miguel luta a favor do povo

-> Ficar tranquilo. Continue fazendo o que é certo. O que é justo.

Tudo isso aconteceu com Daniel porque ele se aplicou.

-> Se aplicar não é fazer somente. Não é fazer um jejum. Mas é estar dentro do jejum e manter-se dedicado.

Aplicar-se em um jejum durante esse período.

Temos que ser pessoas de próposito.

Fazer jejum.

IURD – Quinta-feira – 16/07/2020

Pastor Martins

Malaquias 2:13

O que agrada a Deus é eu andar na justiça e ganhar almas.

Quando nós nos casamos, temos as testemunhas. Essas pessoas escutaram os votos, os proposito que foram feitas na cerimônia. Mas Deus também é uma testemunha.

“A vida com Deus é refletida no casamento na família”

Deus não aceita a deslealdade. A infidelidade não é bem vista por Ele.

O marido que não é fiel, leal, amoroso com sua esposa não tem a oração respaldada por Deus.

Eu tenho que negar a mim mesmo, para agradar a Deus é a minha esposa. Tem maridos que se sacrificam por suas esposas.

Para que é solteiro, o seu marido é o Senhor. Tenho que ser leal ao Senhor. Através da minha luta e da minha perseverança, ele vai me dar o melhor.

Ex.: Vou na igreja dar minha oferta e ao chegar em casa, ajo de maneira grosa com meus familiares. Esse comportamento não é compatível.
Tem pessoas que são casadas, mas se Deus olha o coração delas. Ele vê a necessidade de ser amada.

Se eu tenho um esposa incrédula e me trata mal, bem com Deus, mas temos sabedoria para agir conforme a vontade do Espírito Santo.

Quando eu cuido de mim mesmo, Deus me dá condições de cuidar de outras pessoas.

Tenho que cuidar de mim. Não posso aceitar as coisas ruins que os outros jogam em nós.

Não podemos ser infiéis com a mulher da nossa mocidade.

Temos que ter cuidado também com as nossas palavras pois uma palavra pode matar.

A palavra ultrapassa a carne, mas a má palavra ultrapassa o coração, mas a palavra acerta a alma.

Eu que sou solteiro, tempo que cuidar de mim mesmo.

Eu tenho que buscar uma intimidade com Deus.

Quem é solteiro deve focar totalmente em Deus.

Vou fazer o melhor para o Senhor.

IURD – Sábado – 11/07/2020

Pastor Martins

João 8

A mulher adultera

A bíblia fala que sem fé é impossível agradar a Deus. A mulher adultera não tinha a fé sacrificial. A fé que ela tinha era uma fé que só pensava nela. A fé que ela tinha não podia salvá-la. Isso iria levá-la a morte.

Jesus estava ali e ele nos justifica de qualquer pecado.

Se nós não tivermos essa fé, seremos uma pessoa condenada. Condenada ao inferno? Não! Mas iremos querer as coisas de Deus e não podemos ter.

Quando estamos subindo no altar, ninguém está vendo mas Deus está.

Nós temos o poder de escolher e também o poder de decidir.

Decisão é diferente de escolha.

Uma decisão pode mudar tudo.

Para chegarmos até Jesus , temos que sacrificar a nós mesmos. Não podemos fazer a nossa vontade.

Se nós lutarmos, não podemos esperar de Deus.

Não podemos ser religiosos, temos que colocar força.

Temos que vencer nossos limites. Temos que decidir, senão vem outros e pegam outras bençãos.

Não podemos ser religiosos, temos que ser pessoas de decisão.

No lugar da nossa vergonha, tereis dupla honra.

O justo é aquele que mesmo tendo uma vida ruim, díficil, dentro dele ele quer mudar. Ser uma pessoa melhor.

A miséria em alguns casos está dentro da pessoa. A fraqueza costuma estar dentro da mente, dentro da pessoa.

Tenho que acreditar naquilo que Deus me mandou fazer.

Para finalizar a mensagem, o que justificou aquela mulher adultera, não foi nada além de Jesus. O mesmo que nos justifica.

Não importa a condição. Deus irá me fazer grande por dentro e depois por fora.

IURD – Quinta-feira – 09/07/2020

Pastor Martins

I Corintíos 2:8

Sabedoria que nenhum dos poderosos não conheciam.

Mas porque? Se eles tivessem conhecimento, não teriam crucificado o Senhor, Deus da Glória.

Deus já preparou. Já está tudo pronto. Tanto no céu quanto na Terra. Mas é para todos? São para aqueles que amam o Senhor.

Amor que vem da fé. Que exige sacrificio verdadeiro. Que não trai.

Quando a pessoa não tem o Senhor como seu Deus, ele não ama a Deus acima de tudo, ele não ama nada que se refere a Deus. Exemplo: O casamento é uma coisa de Deus. Se a pessoa não tem amor por Deus, ele irá levar o conjuge de qualquer maneira.

Veja Jesus: Ele trata a igreja com respeito. Então o marido também trata a esposa da mesma maneira.

Por mais falho que ele seja, ou ela, um irá se sacrificar pelo outro.

A pior luta que existe é o começo. Se você vencer o começo, você conseguirá ir pra frente.

As vezes o começo tem a ansiedade, as preocupações. Temos que vencer a ansiedade.

Ex.: O solteiro não pode ser levado pela ansiedade, senão ele irá aceitar qualquer coisa pessoa.

A ansiedade faz a pessoa tomar atitude precipitada.

As vezes o começo pode ser uma preocupação, a pessoa fica pensando o que pode acontecer e tal.

Quando fazemos isso, ou seja, deixamos nos levar pelas ansiedades, é como querer ser Deus.

Quando a pessoa ama a Deus, ela é Pé no Chão. É firme e posicionada. Consistente.

O Espírito Santo sabe da necessidade de cada um.

Temos que nos apegar a Deus com AMOR.

Quando sacrifica a sua vida para Deus, se sacrifica para si próprio, não se entrega para qualquer um. A pessoa se valoriza. Tem auto-estima e amor próprio.

AMOR PRÓPRIO acaba sendo uma coisa comum na vida de quem tem Deus.

IURD – Sábado – 04/07/2020

Pastor Martins

Quando pedimos algo para Deus, temos que acreditar e ir em busca daquilo que pedimos.

PEDIR / AGIR

FAZER O PEDIDO / CRER / AGIR

As barreiras irão vir, mas eu tenho que enfrentar, vencer a nós mesmos, fazendo a minha parte e Deus irá honrar.

Apocalipse 2:17

Quem foi Balaão? Foi o homem que nunca teve a fé sustentada em Deus. Ele não era nem barro nem tijolo. Ele aprendeu com os outros a se passar por servo de Deus. Quando chegava alguém que lhe desse ouro, ele esquecia de Deus e amaldiçoava.

Assim são algumas pessoas e pode ser comigo também que se esforça para muitas coisas, mas quando se fala de Espírito Santo ela não coloca tanto força.

Temos que ter ambição de conhecer o Espírito Santo.

Pensar sobre estrategia das mulheres bonitas que foram introduzidas no povo de Israel fazendo com que os homens de Deus servisse a Baal. Com isso o povo teve a fé enfraquecida e consequentemente a derrota.

Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz as igrejas.

O vencedor irá comer do maná escondido.

Só terá nome honrado no mundo, quem não tem medo.

VENCEDOR NÃO PODE TER MEDO.

Tem pessoas que vencem, não porque são capazes mas porque são corajosas.

Temos que pedir coragem a Deus!!!

Deus é um Deus de prosperidade.

Nós temos que ser fortes e corajosos.

Temos que pedir a Deus uma ideia e ir em frente porque Deus é contigo.

Eu tenho que ter coragem para agir com dedicação e fé.

O comodismo será o motivo do fracasso de muitos.

IURD – Quinta-feira – 02/07/2020

Pastor Martins

João 3:16

O amor não é cego como o mundo diz. O amor de Deus não é cego. Ele não faz vista grossa com os nossos erros. Ele vê todos os nossos pecados. Mas o AMOR dEle é tão verdadeiro , tão puro, que joga nossos erros para trás e nos olha com um olhar de amor, de bondade. Deus não despreza ninguém pelos seus erros.

Agora o amor do mundo esse sim, é cego, pois a pessoa vê somente o exterior. Ex.: Se uma pessoa não dá muita atenção a outra, a outra parte acaba também não dando muita atenção. É um amor condicional. É o famoso: A partir de hoje não me peça mais nada.

O amor do mundo segue a seguinte regra: Você faz e eu faço. É um tipo de amor que espera recompensas.

O amor de Deus é o contrário disso, é incondicional.

Como encontramos o amor de Deus? Por intermédio do Espírito Santo.

O amor de Deus é paciente, benigno, amoroso, empático, longânimo. Mesmo a pessoa não merecendo, a pessoa faz o melhor pelo outro.

O Amor de Deus quer ver todos bem. Não guarda mágoas, ressentimentos, raiva, entre outros.

A pessoa que tem o amor de Deus, ora pelos seus entes queridos para que Deus possa abençoar a vida de todos, além disso, faz votos, jejum e propósitos por todos da família.

Como a consciência da pessoa está em paz e tranquila, ela entrega tudo nas mãos de Deus.

Se você quer mais de Deus, dê mais de você para Ele.

Não há limites no poder de Deus, mas as pessoas por amor as trevas, a luz não ode mudá-los.

Cansaço não pode ser barreira para buscar mais do Soberano.

IURD – Sábado – 27/06/2020

Pastor Martins

Jesus teve fome. Apesar dele ter tido fome física, o pastor falou de uma outra fome a de vencer, a de ter paz e alegria.

Jesus vendo a figueira no meio do caminho e não encontrado frutos, amaldiçoou para que nunca mais desse fruto.

Jesus nos mostra o que devemos amaldiçoar, que pode ser os nossos problemas.

Temos que olhar para os nossos problemas de uma forma diferente, não podemos aceitara opressão do mal.

Não podemos caminhar com a maré, temos que ir contra ela.

Quando Jesus falou: “Se tiverdes fé”, pois existem pessoas que não tem fé.

Não importa a vida dos outros, eu tenho que cuidar da minha vida.

Temos que almadiçoar os nossos problemas para que aja uma diferença em nossas vidas.

Tudo o que pedimos em oração, crendo recebemos.

Quando a pessoa tem o Espírito Santo, o primeiro fruto é o AMOR.

Tem pessoas dentro da igreja sem o Espírito Santo, sem a família salva, mas não ora, jejua, ora pela madrugada, não usa a fé.

A pior morte é a espiritual.

Tem que orar, jejuar, usar a fé, para não morreremos espiritualmente, pois quando a pessoa está “morta”, ela se entrega ao desespero, a angústia e a dúvida.

Onde existe dúvida, não tem ação da fé inteligente.